domingo, 1 de novembro de 2009

Realizações

• II Festival de Tecnologias Sociais e Economia Solidaria em parceria com o SOLTEC/UFRJ - outubro de 2009
• Participação no 25° Congresso da ABES- Associação Brasileira de Engenharia Sanitaria e Ambiental em Recife - PE com dois trabalhos aprovados- setembro 2009
• I Festival de Tecnologias Sociais e Economia Solidaria em parceria com o SOLTEC/UFRJ - outubro de 2008
• I Seminário Enfrentando os Resíduos Sólidos – novembro 2007
• Audiências Públicas sobre Lixão do Morro do Céu
• Campanha de Expansão da Coleta Seletiva
• Campanha de Óleo de Cozinha
• Campanha de Pilhas e Baterias
• Promoção de Debates Sócio – Ambientais e Formação Ambiental
• Apoio institucional ao GAMAR
• Colaboração com projetos acadêmicos de pesquisa – UFF / UFRJ
• Participação no RIPER/UFRJ - Rede de Informação e Pesquisa sobre Residuos Solidos
• Articulação no Projeto de Lei sobre a Política Municipal dos Resíduos Sólidos
• Parcerias com a Ponto Org, Ong Cuardiões do Mar,Ong Rio Ambiental e Campus Avançado

Atividades Educativas

Palestras :
• Fórum Municipal Lixo e Cidadania
• Coleta Seletiva
• Reciclagem do Óleo de Cozinha
• Resíduos Tecnológicos
• Consumo Consciente
• Aquecimento Global
• Lixão do Morro do Céu

Organização de Eventos sobre Meio Ambiente
Campanhas Educacionais
Assessoria Técnica
Promoção de Debates Socio Ambientais
Cursos de Capacitação
Elaboração de Material Educativo
Apoio a Grupos Produtivos
Pesquisa e Informação

Campanha de Pilhas e Baterias
Na natureza, uma pilha pode levar séculos para se decompor. Os metais pesados, porém, nunca se degradam. Em contato com a umidade, água, calor ou outras substâncias químicas, os componentes tóxicos vazam e contaminam tudo por onde passam.Com as chuvas, penetram no solo e chegam às águas subterrâneas, atingindo córregos e riachos. A água contaminada acaba atingindo a cadeia alimentar humana por meio da irrigação agrícola ou do consumo direto.
Depositadas em lixões e aterros sanitários, pilhas e baterias contaminam o lençol freático, solo, rios e alimentos, causando danos às pessoas e animais.

Conforme o Art.3° da Resolução do CONAMA 257 de 30-06-99 as pilhas e baterias devem ser devolvidas às lojas e revendedores autorizados ( não esqueça das baterias de celulares). O mesmo deve ser feito com baterias de chumbo ácido de qualquer tamanho, usadas em motocicletas, alarmes, celulares rurais e automóveis.

Descartá-las de forma incorreta é extremamente perigoso. Os metais pesados existentes em seu interior não se degradam e são extremamente nocivos à saúde e ao meio ambiente.

Uma pilha comum contém, geralmente, três metais pesados: zinco, chumbo e manganês, além de substâncias perigosas como o cádmio, o cloreto de amônia e o negro de acetileno. A pilha alcalina contém também o mercúrio, uma das substâncias mais tóxicas que se conhece.

Por isso, pilhas e baterias representam hoje um sério problema ambiental. São produzidas a cada ano no país cerca de 800 milhões de pilhas secas (zinco-carbono) e alcalinas. (Dados da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica - Abinee).

Lembre-se:
• Colocar pilhas na geladeira não aumenta a carga, ao contrário, quando expostas ao frio ou calor o desempenho pode piorar.
• Na hora de trocá-las em um equipamento, substitua todas ao mesmo tempo.
• Retire-as se o aparelho for ficar um longo tempo sem uso, pois podem vazar.
• Não misture pilhas diferentes (alcalinas e comuns; novas e usadas). Isso prejudica o desempenho e a durabilidade.
• Prefira as pilhas e baterias recarregáveis ou alcalinas. Apesar de custarem um pouco mais, têm maior durabilidade.
• Nunca guarde pilhas e baterias junto com brinquedos, alimentos ou remédios.
• Não exponha pilhas e baterias ao calor excessivo ou à umidade. Elas podem vazar ou explodir. Pelas mesmas razões, não as incinere e, em hipótese alguma, tente abri-las.
• Nunca descarte pilhas e baterias no meio ambiente e não deixe que elas se transformem em brinquedo de crianças.
• Evite comprar aparelhos portáteis com baterias embutidas não removíveis.
• Compre sempre produtos originais. Não use pilhas e baterias piratas.
Guarde as pilhas em local seco e em temperatura ambiente.

PEV’S - PILHAS E BATERIAS
Qualquer Agência do Banco Real em Niterói e São Gonçalo possuem o Papa – Pilhas de Recolhimento destes resíduos.
Lojas da ASA 1000 Fotografia em toda Niterói

PEV’S – BATERIAS E CELULARES - Niterói
Lojas da Claro e autorizadas( revendedoras) no Plaza Shopping - Rua: Quinze de Novembro -Centro
ART CELL BAYMARKET - Agente Autorizado - AVENIDA AV VISCONDE DO RIO BRANCO 360 QD 123 Centro - Niterói - RJ
CLARO NITEROI SHOP - Agente Autorizado
RUA DA CONCEICAO 188
Centro - Niterói - RJ
A E P DIGITAL - Agente Autorizado
ESTRADA FRANCISCO DA CRUZ NUNES 6501
Piratininga - Niterói – RJ
ESTRELA DIGITAL - Agente Autorizado
AVENIDA AV. RUI BARBOSA 29 LJ 118
São Francisco - Niterói – RJ
Loja Vivo
Niterói Plaza Shopping R. XV de Novembro, 8 loja 349/350
SÃO GONÇALO
Claro
CLARO ALCANTARA - Loja Claro
RUA RUA IOLANDA SAAD ABUZAID 150 LJ 101
Alcantara - São Gonçalo - RJ
RVCELL SAO GONCALO - Agente Autorizado
AV SAO GONCALO 100
Boa Vista - São Gonçalo – RJ
ART CELL SAO GONCALO - Agente Autorizado
AVENIDA AV DEZOITO DO FORTE 71 LOJA PARTE
Centro - São Gonçalo – RJ
VIVO
Av. São Gonçalo, 100, lojas 280, 281 e 282

Um comentário:

instituto cultural júlia gomes disse...

Adorei esta postagem sobre coleta de pilhas e baterias. Há dois anos venho pensando em uma forma de dispor na minha escola uma cesta de coleta deste tipo de material, tão utilizado no nosso dia a dia. Costumamos realizar diversos trabalhos com o objetivo de reaproveitar o lixo, que culminaram em projetos de construção de brinquedos, jogos educativos, atividades de artes, variadas, sempre em interação com as famílias. Gostaria de saber se há alguma empresa que fornece algum material ou cesto, específico, para coleta deste tipo de material. Também pretendo divulgar a coleta do óleo de cozinha. O lixo é um problemão em nosso cidade e acredito que, apesar de sermos uma pequena escola particular, em um bairro carente de tudo, que a educação ambiental, partindo das crianças e contagiando as famíias, é o ponto de partida, para melhorarmos a qualidade de vida das comunidades e menos degradação do meio ambiente. Aceito ideias, adoro colocar em prática e dividir com as pessoas tudo que a de bom para a vida em sociedade.